Sr. Gentileza: Conheça a história do brasileiro indicado 2 vezes ao Prêmio Nobel da Paz


Oriundo de uma família muito simples, Luiz Gabriel Começou a trabalhar aos 15 anos como ambulante no Centro do Rio de Janeiro e, com muita garra e honestidade, aproveitou as  oportunidades de estudar, se capacitar e conquistar o seu espaço no mundo. Ele é autor de alguns livros sobre relações humanas, em especial o best seller “Gentileza no Trabalho” (Editora Ideias e Letras, 2012), onde aborda a importância das relações saudáveis para a realização pessoal e profissional de uma forma leve e inspirada nos poemas do falecido Profeta Gentileza (José Datrino, 1917-1996). Também escreveu o “Como Driblar a Raiva no Trabalho” (Editora Ideias e Letras, 2009), que é uma leitura rápida e bem humorada sobre as armadilhas provocadas pela ira.

Luiz Gabriel Tiago -Sr. Gentileza

Em 2010 fundou a Empresa de Desenvolvimento Humano Geração Gentileza dedicada à Consultoria em Responsabilidade Social Corporativa através da Gentileza, Treinamentos, Palestras e ações solidárias. Também em 2010 nasceu a Pontinho de Luz – a mais importante rede mundial de Gentileza da humanidade. 
O Sr. Gentileza concedeu uma entrevista ao blog do Mochileiro pela Educação. Acompanhe a seguir esse bate-papo inspirador.

Mochileiro: O que te inspirou a disseminar a Gentileza pelo mundo?

Sr. Gentileza: Foi um despertar de consciência que aconteceu no final de 2009. Já estudava e pesquisava os impactos da Gentileza desde 1999, ou seja, há 10 anos – quando ouvi uma voz que falou direto ao meu coração. Eu era (e sou ainda) responsável pela transformação de tudo que me incomoda. Eu, você, nós somos agentes diretos na mudança que desejamos, mas a maioria da humanidade ainda não sentiu isso. Tive grandes mentores e inspirações, mas a maior de todas as motivações se chama “inconformismo”. O propósito me escolheu, bateu a minha porta, eu abri. Disse “sim” sem saber o que fazia parte desse “pacote”, mas cri no invisível e na Matriz Divina. Se estou inconformado com alguma coisa, cabe a mim iniciar a revolução.

Fotos de arquivo pessoal

Mochileiro: Como nasceu a Rede Mundial de Gentileza Pontinho de Luz?


Sr. Gentileza: A Pontinho de Luz nasceu quando a Gentileza começou a me conectar às pessoas que tinham o mesmo propósito de vida. Há milhões e milhões de seres humanos destinados a se juntar numa corrente de pacificação, mas muitos estão perdidos sem saber o que fazer ou como fazer. Somos diferentes, mas iguais no propósito, basta que suas intenções coincidam com as intenções do próximo. Nossa Rede foi fundada oficialmente em agosto de 2010, crescemos, amadurecemos, mas ainda estamos aprendendo. Hoje somos aproximadamente 150.000 voluntários no Brasil e em outros países como Irã, Índia, Estados Unidos, Itália, Alemanha e na América Latina.


Mochileiro: A partir de que momento você começou a ser chamado de Sr. Gentiliza?


Sr. Gentileza: Esse apelido foi um acaso, pode acreditar. Eu comecei a escrever num blog (não existe mais) assuntos relacionados as minhas pesquisas sobre a Gentileza em 2007. Não tinha muita intimidade com a internet nessa época e não monitorava quem lia, me seguia e comentava. As pessoas me acompanhavam e eu não sabia disso, até que uma das leitoras do blog deixou um comentário num dos posts e me chamou de Sr. Gentileza. Daí em diante, todos os outros leitores começaram a me chamar dessa forma. Em 2010 fui convidado para ser entrevistado num programa de televisão e fui apresentado pelo apelido ao invés do meu nome – Luiz Gabriel. Estava destinado e acabou se popularizando. Hoje tenho orgulho de ser chamado dessa forma e honrado também.

 
 Foto: @dilsonferreira / @qu4rtostudio


Mochileiro: As pessoas ainda resistem pra falar sobre o tema Gentileza?


Sr. Gentileza: Claro que sim! Ainda há muita resistência e vai continuar por algumas gerações. Fomos todos criados numa cultura de guerra. Crescemos ouvindo os mais velhos dizerem que o “mundo é dos espertos”, “gentileza gera gente folgada” e que os “bonzinhos se dão mal”. É um trabalho árduo mudar o mindset da humanidade diante de tantos paradigmas limitantes a respeito de solidariedade, amor, Gentileza, entre outros. Porém, se não começarmos hoje, jamais as gerações futuras colherão os frutos. A esperança de uma sociedade justa, saudável e gentil lá na frente, depende do nosso despertar e ação hoje.


Mochileiro: Existem uma fórmula para ser gentil?

Sr. Gentileza: Não existe uma fórmula ou uma receita de como ser gentil porque deve ser algo muito natural e espontâneo. O meu trabalho como pesquisador e mentor desse tema empresas, por exemplo, é apresentar a aplicabilidade das Leis Gerais da Gentileza e técnicas que promovam o despertar de consciência individual para que influencie o coletivo. Nesses últimos 10 anos colhemos resultados incríveis através dos nossos programas de desenvolvimento humano capacitando equipes inteiras. Pessoas gentis se relacionam melhor, entendem mais o seu próximo e colaboram ao invés de competir. Trocando em miúdos, profissionais solidários produzem mais e melhor influenciando diretamente nos resultados. As empresas agradecem e a sociedade também porque – quem é gentil no trabalho também é em casa, na rua, no trânsito, etc.


Mochileiro: Você acredita que a tecnologia está afastando ou aproximando as pessoas? E qual a relação dela com a gentileza?


Sr. Gentileza: Qualquer coisa na vida da gente deve ser utilizada com consciência e intenção boa. É inegável que a tecnologia trouxe grandes facilidades pra todos nós e veio pra ficar. É uma realidade e já nos acostumamos a ela. Antigamente, precisávamos encarar horas na fila do banco para pagar as contas; hoje fazemos isso através dos aplicativos. Se você me perguntar se estou disposto a voltar nesse tempo, responderei que “não”. A tecnologia trouxe avanços inestimáveis para a medicina; esse é outro exemplo de sucesso. Existem equipamentos e medicamentos que salvam vidas porque foram desenvolvidos com recursos tecnológicos de ponta. As redes sociais também vieram pra ficar. Da mesma forma que podemos criar relacionamentos saudáveis e multiplicar uma cultura de paz através do Instagram ou do Facebook, essas plataformas podem ser usadas pra disseminar o ódio e fake news. Tudo depende do nosso desejo e da nossa intenção. O que há de recursos para promover a Gentileza em larga escala? A tecnologia nos permite isso.


Mochileiro: Como foi ter sido indicado 2 vezes ao prêmio Nobel da Paz?

Sr. Gentileza: Foi um divisor de águas na minha vida. Nenhum indicado ao Nobel da Paz na história esperou essa notícia um dia. Sempre trabalhei para promover uma sociedade pacífica por causa de um propósito que atendi. É a parte que me cabe, entende? É minha responsabilidade também. Quando fui informado sobre as indicações (2018 e 2019) me causou uma grande surpresa, emoção e muitos momentos de choro. Tenho um grito preso na garganta. Acho que todos nós que nos dedicamos à paz temos. Ser indicado por dois anos consecutivos me deu a certeza de que tenho que continuar. Ainda há muito trabalho a ser feito.


Mochileiro: Quais são os próximos passos do Pontinho de Luz?

Sr. Gentileza: Desde o final de 2019 estamos passando por uma grande reforma. Precisamos parar esse processo de reposicionamento por causa da pandemia, mas continuamos trabalhando, principalmente, no combate à fome em algumas regiões do Brasil, América do Sul e Oriente Médio. Em janeiro de 2021 começaremos mais um censo interno pra mapearmos nossa dimensão atual e esse será o nosso ponto de retomada nessa nova fase. Todo o mundo precisou se reinventar e estamos otimistas que será um belo recomeço.

Mochileiro: Numa frase, como você definiria “Ser gentil”?

Ser gentil é colaborar, cooperar, dividir e oferecer ao outro o que há de melhor dentro de si.

<p value="<amp-fit-text layout="fixed-height" min-font-size="6" max-font-size="72" height="80">Sigam as redes sociais do Sr. Gentileza e da Pontinho de Luz (<a rel="noreferrer noopener" href="https://www.facebook.com/srgentileza/&quot; target="_blank">Facebook Sr. Gentileza)</a> <a rel="noreferrer noopener" href="https://instagram.com/srgentileza?igshid=qfghs2nsq89m&quot; target="_blank">(Instagram Sr. Gentileza)</a> <a rel="noreferrer noopener" href="https://instagram.com/pontinhodeluzoficial?igshid=c4q79wp9n6sa&quot; target="_blank">(Instagram Pontinho de luz)</a>Sigam as redes sociais do Sr. Gentileza e da Pontinho de Luz (Facebook Sr. Gentileza) (Instagram Sr. Gentileza) (Instagram Pontinho de luz)


Texto revisado por Madysson Wesley

Publicado por tiagomochileiro

Tiago da Silva é empreendedor social. Mais conhecido como Mochileiro pela EDUCAÇÃO. Já percorreu 65 cidades brasileiras, distribuindo mais de 7.500 livros, e levando a mensagem da educação que salva vidas. Mais de 30.000 jovens já assistiram suas palestras pelos rincões do Brasil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: